Amazónia regista a maior taxa de destruição da última década | Pplware Kids

Amazónia regista a maior taxa de destruição da última década

Quando o assunto é o ambiente, ou a destruição dele, nada do que possa ser dito vai ser encarado como uma novidade. A população está ciente que, se nada for feito, o planeta vai regredir e ficar em muito pior estado.

A Amazónia, pulmão do planeta, está a ser destruída e a uma velocidade nunca vista.


Entre agosto de 2017 e julho de 2018, foram explorados, na Amazónia brasileira, cerca de 7 900 km2. De acordo com dados oficiais, esta é a pior taxa anual de destruição, tendo em conta a última década. Assim, regista-se um aumento de 13,7% relativamente ao mesmo período do ano passado.

Segundo a Greenpeace Brasil, foram derrubadas 1 185 milhões de árvores. Ou seja, o equivalente ao tamanho de 987 500 campos de futebol.

Esta situação pode agravar-se, uma vez que o candidato eleito no Brasil, Jair Bolsonaro, prometeu explorar ainda mais a floresta, tendo em vista o desenvolvimento da indústria madeireira.

Apesar desta preocupação, sabe-se que a exploração da Amazónia diminuiu em 70%, entre 2005 e 2011. Esta atenuação deveu-se, sobretudo, ao aumento das proteções do governo em resposta a um crescente movimento popular para proteger a floresta tropical.

Mesmo quando o país entrou num período político mais duro, a exploração não continuou a diminuir, mas também não aumentou.

O ministro do meio ambiente do Brasil, Edson Duarte, fez uma declaração, na qual culpou a extração ilegal de madeira pelo aumento da destruição da Amazónia. Desta forma, apelou a que o governo aumente a vigilância da floresta para se evitarem ilegalidades deste género.

Ainda assim, a Greenpeace afirma que o governo brasileiro não está a fazer o necessário para impedir esta destruição.

No final da temporada de fogo na Amazónia, o Greenpeace esteve em campo para registar o estrago deixado pelas queimadas.

De acordo com o Intergovernmental Panel on Climate Change, sobre a limitação do aquecimento global a 1,50º C acima dos níveis industriais, a conclusão é clara: é necessário a plantação de mais árvores e a manutenção das existentes para se atingir o objetivo. Cabe às gerações de agora impedir o pior.

Por Ana Sofia Neto para Pplware Kids

Arquivado na categoria: Educação


8 Comentários

  1. Isto já ninguém comenta?!?!

    Infelizmente é mais importante comentar as 10000 lentes do Samsung, do Iphone, Huawei e andar a ver o que tem menos % de bordas… enfim

    Pois bem, os nossos amigos brasileiros também só querem o seu Iphone, o seu Mac ou o seu carrinho como nós Europeus. Como os nossos amigos na Indónesia…

    Nada tem a ver com o Bolsonário ou outro lider. Apenas está relacionado com o que realmente valorizamos como seres humanos, as nossas prioridades.

    Muitos até preferem adorar deuses que nunca viram em prol de proteger a mãe natureza, responsável da nossa existência.

    • Grande Comentário RicardoR!!

      De acrescentar apenas que o futebol, o bruno de carvalho, o secret story, o stan lee ou a demi lovato fazem parte do leque de preferências da malta!!

      Deixa lá, parvos somos nós que ainda pensamos nestas coisas do ambiente e tudo o resto que realmente importa!! 😉 (ironia off!)

    • o pior é como é que isto está publicado no pplware kids. ah e te rum background de um gajo velho com tatuagens é mesmo para o público alvo certo…

  2. Concordo a 110%
    Estamos literalmente arrumados!!

  3. Sou Brasileiro – e o que mais leio e diga-se de passagem (estou farto desta hipocrisia contra o presidente eleito) – em noticias internacionais, são inverdades sobre o mesmo(Bolsonaro). Nosso presidente eleito, veio de baixo, pessoa simples, conhece as necessidades do Pais. São tantos absurdos divulgados contra ele que me dá nojo. Esta devastação não só na Amazónia, é o menor dos problemas, vista a devastação dos cofres públicos… é tanta corrupção, pessoas sendo presas pela policia federal, é tanta imoralidade pública que se o Bolsonaro não tivesse sido eleito, eu mesmo consideraria sair do pais. As massas são manipuladas por aqui com bolsas, na mais simples e velha política pão & circo. Estávamos cansados. Ventos melhores virão ao Pais, primeiro contra a corrupção, depois nossas florestas que aliás herdaram o vermelho do solo em alusão ao corrupto partido de bandeira rubra que esteve e ainda está no poder, por estes longos e penosos 16 anos.

    • aplausos! Este é o sentimento de todos os brasileiros que andam eretos. A grande maioria virou gado; massa de manobra e renunciaram ao seu dom de pensar, assim como muitos que aqui vejo a fazer comentários patéticos, querendo dar a conhecer a sua pseudo-sapiência. O Brasil está sendo desratizado; está sendo despestizado – toda espécie de seres peçonhentos têm vampirizado o nosso país. É com esperança no coração, que olhamos o horizonte. Para a eleição deste nosso presidente, o povão fez vaquinha (ou seja, caso os portugueses não conheçam o termo – fez doações – vendeu-se camisetas, adesivos, bottons, sem lucro algum – tudo para arrecadar fundos para a campanha presidencial deste que representa a esperança de dias melhore, os anseios de uma população grandiosa, de pessoas que se levantam antes do sol, que ri de sua própria desgraça, mas que já não aguentava mais ter o seu coração oprimido pela angústia de viver encurralada como se bandidos fossem, enquanto os bandidos reinavam livres e premiados por leis feitas por bandidos e quando estes eram presos, eram julgados por comparsas togados. Deus seja louvado! Precisamos respirar ares puros. Aqui somos tratados como lixo, por uma corja de canalhas que aparelhou o estado(com e minúsculo mesmo; aqui se paga – por exemplo – 100 MB de internet, recebemos 10MB e não temos a quem recorrer, porque o órgão regulador é dirigido por representantes das próprias empresas que nos espoliam; aqui se coloca qualquer valor em créditos telefônicos e se usa no prazo de 7 dias ou eles o tomam de ti e pior, se ficares um tempo sem inserir créditos, o número lhe é tomado, pois a grande besta tem fome insaciável. Deus seja louvado – como estamos cansados – nossos corações anseiam por um Brasil decente, por respeito. Somos um povo de bem, porém, institucionalizaram o crime no nosso país; enterraram a moral; a corte maior do nosso país virou uma cloaca despudorada a vomitar, incessantemente, toda espécie de imundície. Não julguem os brasileiros como um todo – Somos um povo trabalhador, hospitaleiro e alegre (apesar da dura vida que levamos. Vivemos sob uma ditadura branca(disfarçada. Não temos direito ao que é bom, não permitem que tenhamos acesso a coisas boas e avançadas e até a alternativa que tínhamos de buscar fora do país os produtos que precisamos nos foi vedada. Os correios se juntaram à receita federal para oprimir o povo – Mais uma cagada desse desgoverno imundo que não se envergonha de – estando de saída, editar medidas que visam tão somente tornar mais difícil a gestão desse novo governo. São desavergonhados como messalinas, mas o povão, a população brasileira não é o que aparenta a vós que nós olham de fora com olhos enviesados e recriminadores, esquecendo-se que também vós, participaram da destruição do nosso país. Não estamos satisfeitos e creio que vós também não, com o acordo ortográfico feito com o vosso país. A nossa língua perdeu muito da sua beleza e erudição. Temos professores semi-analfabetos a “ensinar”, engenheiros e médicos mal formados a exercer seus misteres. às portas das faculdades há anúncios oferecendo confecção paga de trabalhos acadêmicos – ou seja – se a pessoa pode pagar ela não precisa estudar e adquirir o conhecimento e saem com um certificado em mãos, atestando um conhecimento que nunca adquiriu. Isto é um pálido quadro da realidade brasileira que anseamos desesperadamente por mudar. Não nos apontem dedos. Já estamos sofrendo por demais. Deus seja louvado e que tenha misericórdia de nós.

    • Para seu bem, e de todos nós, espero que tenha razão! Que o Bolsonaro ponha um ponto final em toda a corrupção de que os brasileiros se queixam. Mas confesso-lhe que espero com pouca convicção!

Responder a Pedro Rodrigues Cancelar resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.



×