Egito inaugurou a maior central solar do mundo | Pplware Kids

Egito inaugurou a maior central solar do mundo

O Egito decidiu aumentar a sua capacidade de geração de energia, de modo a explorar o seu potencial de energia renovável.

Com a central solar de Benban, as emissões de carbono do país vão reduzir cerca de 2 milhões de toneladas.


O parque solar está localizado em Benban, na região leste do deserto do Saara. O seu nome foi escolhido, tendo em conta uma cidade localizada nas proximidades do rio Nilo, estabelecido perto da central.

O projeto assinou um contrato de 25 anos com a empresa estatal Companhia de Transmissão de Eletricidade do Egito (EETE), a uma taxa efetiva de 7,8 dólares por MWh.

Esta central começou a operar parcialmente em dezembro de 2017 e estima-se que vai gerar 90% da energia produzida, atualmente, na reserva de Assuã. Desta forma, o Egito vai produzir 20% de energia limpa, até 2022 e espera evitar dois milhões de toneladas de emissões de gases de efeito de estufa, por ano.

Benban é composto por 41 parcelas separadas, mas contínuas. Essas conectar-se-ão à rede de alta tensão do Egito, através de quatro novas subestações. Essas, por sua vez, vão ser ligadas a uma linha existente de 220Kv. O objetivo do Benban Solar Park passa por atingir 1,6 a 2.0 GW de energia solar, até meados de 2019.

Uma das razões pelas quais a área em questão foi escolhida centra-se nas questões climáticas inerentes. A temperatura registar níveis superiores a 50 ºC torna o espaço num dos melhores do mundo. Ainda assim, é necessário instalar componentes com proteção mecânica contra poeiras e os turnos de trabalho têm de ser divididos e realizados nas horas mais frias do dia.

Para financiar o parque, a Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (MIGA), membro do grupo Banco Mundial, oferece um seguro de “risco político”, num valor de 210 milhões de dólares, para credores privados e investidores envolvidos. Para além disso, o International Finance Corporation e um consórcio de nove bancos internacionais vão fornecer um pacote de dívida de 653 milhões de dólares, para financiar a construção de 13 centrais de energia solar. Essas vão juntar-se a outras 19 plantas, de modo a formar o Benban Solar Park.

Todos estes valores representam o maior pacote de financiamento do setor privado para uma instalação solar fotovoltaica, no Oriente Médio e no norte de África. A construção das centrais vai custar um total de 823 milhões de dólares e vai gerar, à partida, 4 mil empregos diretos.

Arquivado na categoria: Curiosidades


3 Comentários

  1. Notícia de interesse publico e verdadeiramente notável. Parabéns ao Egipto

  2. se a notícia se referisse a Portugal estaríamos com várias páginas de papagaios a comentar negativamente.

  3. Bela iniciativa! Uma óptima notícia.

Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.



×