Aprende a proteger-te do Cyberbullying! | Pplware Kids

Aprende a proteger-te do Cyberbullying!

A Internet é uma coisa muito fixe, não é? Mas também, tal como tudo, tem o seu lado menos bom. Existem por aqui muitos perigos e deves estar preparado/a para não te cruzares com eles, ou para os saberes denunciar situações que te façam sentir mal.

Hoje vou explicar-te o que é o Cyberbullying e mostrar-te como te podes proteger!

319145-cyber-bullying


De certeza que já ouviste falar em Bullying, e eu vou explicar-te um pouco melhor o que é:

Bullying é quando alguém, mais forte ou com mais poder, insulta, chama nomes e humilha outra pessoa mais fraca pois sabe que este nunca a vai denunciar ou ‘fazer mal’. Isto é, as crianças vítimas de bullying sofrem ataques/agressões por parte de colegas mais fortes, e raramente fazem alguma coisa porque têm medo deles, e não sabem como se proteger.

O Cyberbullying é a mesma coisa, só que se passa na Internet e os agressores (que se chamam Bullies), aproveitam-se do facto de estarem atrás de um monitor para dizerem coisas muito mais graves à vítima, e muitas vezes também insultam de forma anónima (não dão o verdadeiro nome).

Estas agressões podem acontecer de muitas formas, e com certeza já ouviste na televisão várias histórias destas. Pode ser através das redes sociais, utilizando a fotografia de um colega para o humilhar; pode ser ao enviar vários e-mails com insultos; pode ser através de SMS, etc…

Para que isto não aconteça, ou para que saibas como denunciar para navegares com mais segurança na Internet, vamos aprender como nos proteger do Cyberbullying!

1

Denunciar a Agressão

Em vários sites e redes sociais, tens a opção de “Reportar/Denunciar Abuso”, que serve para comunicarmos que algo naquele local não está a funcionar conforme os termos e regras, ou alguma informação e conteúdo é difamatória. Sempre que achares que há algo que não está bem, denuncia!

Coloca o Computador num local comum

Normalmente o teu computador está no quarto ou num escritório, mas será melhor se o tiveres num local onde toda a gente passa como a sala, pois isso previne que muitas vezes os agressores abusem mais, e porquê? Porque, como estão sempre adultos por perto, é mais fácil verificar o que se passa quando estás online e, se por acaso acontecer alguma coisa, deves contar de imediato aos teus pais e mostrar-lhes os insultos (ou outra situação) para que eles te possam ajudar a resolver esse problema o mais rápido possível. E lembra-te: Tu NÃO tens o direito de seres humilhado/a e agredido/a!

Nunca partilhes dados pessoais

Apesar de ser algo que já devias saber, ainda há muitas crianças que partilham dados pessoais, como fotos, nº de telemóvel, morada e email, no mural do Facebook, por exemplo, e isso facilita a vida aos agressores. Preserva a tua segurança!

Guarda as mensagens de Cyberbullying

Podem não ser muito agradáveis de ler, mas são uma prova caso esta situação se torne mais complicada, e necessites da ajuda de outras entidades mais especializadas (como a polícia), para resolveres este problema. As conversas são uma forte prova de que foste agredido/a e quem é o responsável.

Muda de e-mail

Quando sentires que estão a usar o teu e-mail em sites, muda-o. Faz o mesmo com as tuas passwords, contas de redes sociais, etc..

Fala com os teus pais, professores e amigos

Sempre que achares que algo não está bem, e pensas que estás a ser vítima de algum género de agressão, fala com os teus pais, com os teus professores e com os teus amigos. Pede ajuda e nunca tenhas medo de denuncia!

boy and his father's working on laptops

PARA PAIS/PROFESSORES

É importante que os pais, professores e amigos estejam atentos aos sinais desta agressão, tais como:

  • Isolamento;
  • Decréscimo no rendimento académico ou profissional ou aumento das horas de estudo [atenção virada para uma tarefa];
  • Não querer estar com amigos e colegas
  • Não querer sair de casa
  • Não atender o telefone
  • Outros.
Espero que este artigo te tenha ajudado a perceber o que é o Cyberbullying, como também a aprender como te protegeres! Sempre que tenhas alguma dúvida, podes contatar-nos!

 

Arquivado na categoria: Educação, Escola, Kids, Pais e Professores, Segurança


2 Comentários

  1. Pedro Domingues

    É de notar que TUDO o que é colocado na internet, fica na internet para SEMPRE. Por isso evitem colocar fotos ou qualquer outra coisa que vos possa comprometer online.

  2. Hoje em dia o Facebook é um dos “locais” onde ocorre mais cyberbullying, a ingenuidade de alguns jovens leva-os muitas vezes a partilhar dados pessoais nas redes sociais que acabam por se tornar “trunfos” para os tais bullies…

    Pedro Domingues disse: “TUDO o que é colocado na internet, fica na internet para SEMPRE”. – Não podia estar mais certo.

Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.



×