Sabia que não existe um Prémio Nobel para Matemática? | Pplware Kids

Sabia que não existe um Prémio Nobel para Matemática?

Químico e engenheiro sueco, nada mais, nada menos, que o inventor do dinamite, Alfred Nobel, foi um homem que marcou a história da Humanidade, tanto pelos seus feitos anteriormente mencionados, como por outros, mas também pela criação dos emblemáticos Prémios Nobel – derivando o seu nome do nome do autor.

Os Prémios Nobel são prémios internacionais que, anualmente, se atribuem a diversos indivíduos, em várias categorias, com o intuito de reconhecer os avanços culturais e/ou científicos nas áreas da Física, da Química, da Medicina, da Literatura e da Paz. Tantas áreas, tanta ciência, mas onde está a Matemática, tão bela arte que está nos alicerces de muitas outras?

Sabias que não existe um Prémio Nobel para Matemática?


Há pergunta lançada acima, existe uma resposta muito peculiar: Alfred Nobel teria tido uma relação amorosa com uma matemática Sueca, Gosta Magnus Mittag-Leffler e, por isso, decidiu excluir matemática do grupo de categorias a serem premiadas.

Apesar de ser uma bonita história, não existem quaisquer evidências de tal ter realmente acontecido. Alfred Nobel não tinha nenhuma mulher, não existindo também indícios de ter tido uma amante que fosse uma matemática.

matematica

Se a razão por não existir um Prémio Nobel para a Matemática não é uma relação amorosa, então o que poderá ser? A resposta pode ser bastante mais simples do que o que podemos pensar, mas, mesmo assim, existem várias hipóteses:

  • Alfred Nobel estabeleceu prémios para categorias que lhe suscitavam interesse e a Matemática não estava incluída na sua lista de áreas interessantes.
  • Já existia um prémio extremamente prestigiado que contemplava esta fascinante área e Alfred Nobel não queria competir com esta enorme “potência”.
  • Alfred Nobel queria que as pessoas fossem galardoadas por invenções “práticas” que, realmente, tivessem alguma influência direta na vida das pessoas e achou que a Matemática é muito teórica.

Qual será a razão correta? Ninguém sabe. Talvez a primeira, talvez a segunda, talvez a terceira, talvez por duas, talvez pelas três. Apesar de não sabermos o porquê de não existir um Prémio Nobel da Matemática, há certezas de que Alfred Nobel era uma pessoa bastante virada para a vertente prática das coisas, o que torna a terceira razão a mais plausível.

Porque é que acha que não existe um Prémio Nobel da Matemática?

 

Arquivado na categoria: Curiosidades


2 Comentários

  1. Valha isso, ao menos não apresentamos nenhum prémio nobel da economia que, embora muito badalados todos os anos, também não existe.

Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.



×