Diferenças entre a Linha de Comandos e PowerShell | Pplware Kids

Diferenças entre a Linha de Comandos e PowerShell

O Windows é um sistema operativo que nasceu à muitos anos e, inicialmente, antes de se chamar Windows, os utilizadores tinham que utilizar comandos para utilizarem o SO.

Em tempos mais modernos, esses comandos não são necessários aos utilizadores comuns mas, por outro lado, também não são inúteis. Podemos, por exemplo, cancelar uma impressão teimosa.

PoweShell vs CMD


Atualmente, o Windows não conta apenas com a “famosa” Linha de Comandos mais conhecida por, simplesmente, cmd. Conta também com a PowerShell, uma poderosa ferramenta que para muitos passa despercebida.

Ambas permitem-nos executar diversos comandos porém, a PowerShell tem alguns “bónus” que a diferenciam da linha de comandos habitual. Vamos ver.

Linha de Comandos (CMD)

Linha de Comandos (CMD)

Linha de Comandos (CMD)

A linha de comandos está presente no Windows desde os seus primórdios. Porquê? Depois da evolução do MS-DOS para o Windows, a linha de comandos ficou lá para ajudar os utilizadores do MS-DOS a adaptarem-se ao Windows.

Apesar disso, a linha de comandos conta com muitos comandos úteis (que também podem  ser utilizados na PowerShell). Esta linha de comandos continua a ser boa para executar comandos básicos mas a PowerShell é mais “potente”. Vamos vê-la agora.

PowerShell

PowerShell

PowerShell

A PowerShell foi apresentada em 2006 e está disponível no Windows XP ou versões mais recentes e é considerada uma evolução da “cmd.exe” . Existem diversas características que a diferenciam da Linha de Comandos sendo uma delas, o facto de interagir diretamente com a .NET Framework. Vamos ver mais:

  • Criação de CMDLets para execução de tarefas;
  • Suporte a diversos comandos já existentes em Unix;
  • Uma interface extensível ou seja, os desenvolvedores podem criar ferramentas para serem utilizadas na PowerShell;
  • Sintaxe consistente;
  • Recursos de scripts mais avançados;
  • Etc.

Com a PowerShell podemos fazer muitas coisas como, por exemplo, um relatório de todos os dispositivos USB que estão ligados ao nosso PC. Podemos ainda usar SSH (Secure Shell) dentro da PowerShell através de bibliotecas externas.

Além disso, a PowerShell permite-nos utilizar todos os comandos já existentes na CMD.  Se estiverem a utilizar a PowerShell e quiserem entrar em “modo linha de comandos” basta escreverem cmd e clicarem em Enter.


Como podem ver existem muitas diferenças entre estas duas ferramentas sendo a segunda mais poderosa devido à sua extensibilidade e à relação com a plataforma .NET Framework.

Arquivado na categoria: O meu computador


Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.



×