Será que as crianças devem ter acesso à Internet precocemente? | Pplware Kids

Será que as crianças devem ter acesso à Internet precocemente?

É difícil responder a uma questão destas, principalmente, quando existem programas educativos que passam por oferecer experiências de utilização da Internet a crianças cada vez mais novas.

No entanto, um estudo divulgado recentemente vem alertar para o perigo de dependência ao mundo online que correm, se a utilização for excessiva e desregrada.


Uma utilização excessiva e desregulada da Internet por parte de crianças muito novas, poderá fazer com que sejam viciadas na idade adulta.

O estudo levado a cabo no Reino Unido, Nothingham Trent University, decorreu entre Dezembro de 2014 e Fevereiro de 2015 e envolveu 1.105 pessoas utilizadoras de Internet entre os 16 e os 75 anos. Desta amostra, 1/3 eram portugueses.

Através deste estudo, os investigadores verificaram que grande parte do vício pela Internet podia ser explicada por variáveis como a idade, idade de iniciação ao uso da Internet e tempo despendido online semanalmente por lazer.

De um modo geral, a adição à Internet está muito desenvolvida pelo factor da idade e iniciação ao uso da Internet”

Referiu o investigador Halley Pontes, que irá estar presente, em Lisboa, no VII Congresso Internacional de Psicologia da Criança e Adolescente, promovido pelo Instituto de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade Lusíada de Lisboa.

crianças_tablet

As crianças que têm acesso à Internet antes dos cinco anos, de forma continuada, “estão potencialmente em maior risco para desenvolvimento da adição à Internet”.

Estes resultados revelam que os pais têm que ter alguma preocupação sobre o modo como deixam os filhos utilizarem essa ferramenta, que inclui os videojogos, porque de facto há aqui uma associação clara entre idades precoces, utilização dessas ferramentas e problemas futuros

É importante perceber que a dependência à Internet é a causadora de variados danos psicológicos e sociais, nomeadamente disfunções comportamentais.

Criança no Facebook

Uma utilização, quando desregulada e excessiva, da Internet constitui um factor de risco para o desenvolvimento da dependência à Internet, principalmente nos casos em que os utilizadores “apresentam um uso disfuncional, persuasivo e descontextualizado da Internet”.

Em Portugal, as taxas de prevalência das adições tecnológicas não são muito elevadas, rondando os 1,2% e os 5%, ainda assim, são valores que nos devem deixar em alerta.

Arquivado na categoria: Kids


1 Comentário

Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.