Como melhorar o teu método de estudo | Pplware Kids

Como melhorar o teu método de estudo

Estudar. Uma palavra que para muitos é assustadora mas que, para outros, é amigável. O estudo é, por muitos, encarado como algo aborrecido. Por outro lado, existem aqueles que até estudam assuntos não relativos à escola – autodidatas.

Mas o que trazemos hoje é adequado para ambas as categorias. Estudar é algo fundamental para alcançar boas notas e, para o fazer, é necessário que construamos o nosso próprio método de estudo.

teen_studying


Estudar não é algo linear, ou seja, estudar pode ser feito de várias formas. Cada um deve adaptar o seu método de estudo à sua pessoa.

Estar atento nas aulas

metodoestudo (3)

Algo fundamental no processo de aprendizagem é estar atento nas aulas. Aposto que todos (ou mais de cinquenta por cento) dos teus professores já te avisaram disto.

Ao estares atento numa aula, estás a ouvir o que o professor diz e, ao mesmo tempo a tentar compreender a matéria. Se te ocorrer alguma dúvida, podes esclarecê-la logo no momento.

Caso não o faças, terás que estudar a matéria como se ela nunca tivesse sido lecionada porque não estavas atento. Quando estiveres a estudar poderás não ter oportunidade de esclarecer a dúvida imediatamente podendo até criar uma barreira que não te permita continuar.

Sublinhar e apontar

O segundo item a destacar são os apontamentos e os sublinhados. Na aula, por exemplo, podes sublinhar aquilo que é mais importante e fundamental naquela matéria. Posteriormente, quando estiveres a estudar, saberás que aquilo é algo a fixar.

Tirar apontamentos não é o significado de escreveres tudo o que o(a) professor(a) diz. Tirar apontamentos é escrever, nas bordas do livro ou no caderno por exemplo, algo que o(a) professor(a) mencionou e que não está no livro.

Resumos… e mais resumos

metodoestudo (1)

Resumos. Uma palavra que muitos conhecem. Ouvem-se frequentemente as seguintes frases: “dás-me os teus apontamentos/resumos para tira cópia?” e “o(a) professor(a) devia dar-nos mais resumos”.

Mas, se os professores/colegas fizerem os resumos e nós nos limitarmos a estudá-los podem acontecer várias coisas:

  • O teu amigo(a) enganou-se, podendo induzir-te a erro.
  • Não treinas a tua capacidade de análise.
  • Não treinas a tua capacidade de síntese.
  • Et cetera.

Estas são apenas algumas desvantagens em utilizar resumos feitos por outrem. Ao fazeres os teus próprios resumos, estás a estudar e a sintetizar a informação de forma a que mais tarde a possas relembrar facilmente.

Tirar dúvidas

metodoestudo (2)

Se tens uma dúvida faz o seguinte: primeiro, relê o exercício ou a informação sobre a matéria que tens disponível. Se continuares a não compreender com uma leitura, lê duas vezes e tenta chegar ao ponto.

Caso não consigas, aí sim, esclarece a dúvida com o(a) professor(a) ou com algum(a) colega teu/tua. Não tenhas medo nem vergonha.

Exercícios

metodoestudo (4)

A última mas não menos importante e por muitos ignorada. Fazer exercícios é fundamental. Sem praticares, como sabes que tens dúvidas?

Todas as disciplinas precisam de treino: desde matemática a filosofia passando por todas as outras: biologia e geologia, física e química, português, inglês, geografia, história, psicologia, etc.


Não te esqueças da peça fundamental: personaliza o teu método de estudo. Não faças de forma porque te disse para o fazer. Cada um consegue aprender de forma diferentes: uns lêem em alto, outros resumem…

Aqui já começaram os testes! E aí, já? Se sim, como te estão a correr?

Arquivado na categoria: Educação, Escola


Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.