“Cinto” em fase de testes pode ajuda pessoas com falta de equilíbrio | Pplware Kids

“Cinto” em fase de testes pode ajuda pessoas com falta de equilíbrio

Cientistas da Universidade de Huston, nos EUA, resolveram desenvolver um aparelho que pode vir a facilitara a vida a pessoas com falta de equilíbrio. Equivalente a um cinto, este objeto consegue ajuda doentes de Parkinson a recuperar e manter o equilíbrio.



Aplicação oferece qualidade de vida a quem tem desequilíbrio

Smarter Balance System (SBS) trata-se de um sistema de reabilitação que, com a ajuda de uma aplicação instalada num smartphone orienta os doentes com uma série de exercícios de equilibro através da tecnologia wearable (o nome que se dá aos dispositivos tecnológicos que são utilizados como peças de vestuário).

A instabilidade postural, ou seja, o desequilíbrio, é um dos sintomas e consequências da doença de Parkinson. Presente durante a marcha e na mudança de direção leva a que, muitas vezes, seja necessário “reaprender a andar”. A perda da capacidade de reajustar a postura que, como consequência muitas vezes leva a que haja queda faz com que se torne importante procurar a ajuda de um fisioterapeuta.

Na maioria das vezes, os pacientes precisam se reabilitar em uma clínica, mas pode haver acesso limitado. Não estamos tentando substituir a terapia tradicional, mas há uma falta de fisioterapeutas

disse Beom-Chan Lee, professor assistente e principal investigador do estudo

Doentes de Parkinson podem recuperar confiança

Recuperar o equilíbrio e a confiança na realização de atividades diárias é fundamental para que consiga ter uma vida o mais normal possível. Estudos comprovam que 60% das pessoas que têm Parkinson caem anualmente, algumas dessas pessoas têm quedas recorrentes.

Com o Smarter Balance System é possível ter uma melhor qualidade de vida, na sua própria casa. Como se de um fisioterapeuta se tratasse, ajuda na diminuição do número de quedas e no aumento da confiança nas atividades diárias.

O cinto, personalizado, tem sensores que vibram. Cada movimento é registado em tempo real para uma melhor orientação do paciente. Através da aplicação, que regista e cria um movimento personalizado, tendo em consideração os limites de cada pessoa.

Os dados registados no smartphone, recebidos pelo cinto por Bluetooth, são enviados para o médico que segue o paciente para que saiba qual a sua evolução e como ajudá-lo da melhor forma.

Ainda em fase de testes, o feedback de quem já experimentou o Smarter Balance System é positivo. Os pacientes com Parkinson que testaram o cinto durante 6 semanas notaram melhorias significativas.

 

Por Célia Simões para Pplware Kids

Arquivado na categoria: Curiosidades


Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.



×