China conseguiu alcançar "gelo de fogo" | Pplware Kids

China conseguiu alcançar “gelo de fogo”

Foi extraído do fundo do Mar da China Meridional hidrato de metano, conhecido por gelo combustível. A China foi a primeira a conseguiu extrair uma quantidade considerável deste combustível que no futuro pode vir a ser uma fonte de energia revolucionária. Os Estados Unidos e o Japão já tinham tentado esta extração, mas sem sucesso.



Combustível do Futuro

O hidrato de metano ou gelo combustível é uma mistura gelada de água e gás. Praven Linga, professor do Departamento de Engenharia Química e Biomolecular da Universidade Nacional de Singapura, explica que parecem cristais de gelo, mas olhando mais atentamente vêem-se moléculas de metano dentro das moléculas de água que quando a pressão se reduz ou a temperatura sobe, os hidratos decompõem-se em água e metano, o que faz deste “gelo de fogo” um combustível com grandes possibilidades energéticas no futuro.

Para os cientistas tudo leva a crer que este gelo combustível possa vir a ser uma fonte de energia revolucionária que poderá, no futuro, colmatar as necessidades energéticas. Foram descobertos grandes depósitos por baixo dos vários oceanos, localizados essencialmente nas extremidades dos continentes.

Ao conseguir extrair uma quantidade considerável deste combustível, a China deu um grande passo. Mas, vários outros países estão interessados no “gelo de fogo” e em resgatá-lo de forma segura e rentável, pois o processo é complexo e por si só consome muita energia, o que faz com que não seja uma tarefa fácil.

Apesar de só há 10 ou 15 anos terem sido iniciadas estas extrações, os hidratos de metano foram descobertos, primeiramente no norte da Rússia, nos anos 60.
A Índia e a Coreia do Sul, são países que apesar de também não terem reservas próprias, são líderes na prospeção deste combustível. Americanos e Canadianos estão igualmente interessados, e os seus depósitos de hidratos de metano estão situados no permafrost no norte do Alasca e do Canadá.

Praven Linga concorda com essa visão. “Em comparação com os resultados que temos visto na investigação japonesa, os cientistas chineses conseguiram extrair uma quantidade muito maior de gás. É um passo importante para tornar viável a extracção de gás dos hidratos de metano”.

Linga, alerta para o fato de poderem haver danos ambientais caso as empresas interessadas neste tipo de exploração não tenham em atenção todos os passos importantes, pois pode haver o perigo do metano escapar. Este é um gás com grande impacto nas alterações climáticas, ainda maior que o dióxido de carbono.

Assim sendo, é importante que sejam tomadas as medidas mais seguras de forma a evitar danos ambientais.

Por Célia Simões para Pplware Kids

Arquivado na categoria: Curiosidades


Deixar uma resposta


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.



×